A fragrância nos produtos de cuidado com a pele

A fragrância, quer seja natural ou sintética é um conhecido sensibilizante, facto provado pela vasta pesquisa feita ao longo dos anos. No entanto, como sabemos, é um denominador comum na maioria dos produtos para a pele. Muitas pessoas não aceitam sequer que a fragrância nos produtos de cuidados com a pele possa ser um problema.

As marcas sabem o poder que um produto com uma fragrância agradável, em conjunto com a experiência sensorial que o acompanha, afeta as decisões do consumidor na altura de comprar.

Mas vamos perceber então como funciona a fragrância. A forma como a maioria dos ingredientes de fragrâncias desenvolvem odor é desencadeada por uma reação volátil. Infelizmente esta reação química natural provoca quase sempre uma reação de sensibilização cutânea. De facto, a pesquisa demonstra que a fragrância em produtos de cuidado da pele está entre as principais causas da sensibilização cutânea e outras reações cutâneas. E isto acontece com TODOS os tipos de pele, não só com a pele sensível ou com a pele com propensão para o acne e a vermelhidão.

Podes estar a pensar que este não é um problema que te afete porque a tua pele não demonstra quaisquer sinais de irritação e até gostas do aroma do teu produto de rosto. Na realidade o que está a acontecer é uma reação silenciosa que acontece todos os dias, causando pequenos problemas a curto-prazo, mas que se podem transformar em problemas mais sérios a longo prazo.

Podemos comparar estas reações invisíveis com o que ocorre com a pele quando não usamos protetor solar. A pesquisa mostra que o dano solar surge nos primeiros minutos em que a pele não protegida é exposta ao sol. Este dano é cumulativo, e pode levar a problemas oncológicos a longo-prazo. No entanto, a curto-prazo, para além de um bronzeado ou um escaldão, não há nenhum efeito nefasto visível à superfície da pele. O dano fica guardado na “memória da pele” e apenas se manifesta anos mais tarde.

Outro dos motivos pelo quais se opta por produzir produtos com fragrância é porque, algumas vezes, os ingredientes formulados para produzir determinado produto não resulta num aroma muito agradável sem a ajuda de uma fragrância para o “esconder”. É claro que um aroma agradável esconde o indesejado “odor desagradável”, mas há ingredientes e passos na formulação que resultam em cheiros neutros e não desagradáveis. Por outras palavras, adicionar fragrância não é uma necessidade.

Juntar fragrância também ajuda a mascarar o odor de um produto para a pele que tens há demasiado tempo, especialmente se os ingredientes forem naturais. O acondicionamento de produtos em boião faz com que os ingredientes se degradem mais rapidamente porque a partir do momento em que se abrem são expostos ao ar e às bactérias.

Os óleos essenciais não são exceção, e enquanto alguns óleos e extratos de plantas com fragrância têm propriedades benéficas para a pele, a volatilidade que ocorre quando libertam o aroma não é benéfico. Quando procuramos um produto de cuidados de pele o aroma não deve condicionar a nossa escolha, mas sim, os ingredientes certos e a formulação que melhor servir para o tratamento da nossa pele e dos seus problemas específicos.

Pessoalmente, considero que a forma como os aromas nos podem fazer sentir traz benefícios para corpo e mente. Acredito que as sensações que os aromas nos provocam podem melhorar certas experiências e ajudar em alguns momentos. Acho que devemos ter um perfume, e colocá-lo diariamente se isso nos faz sentir bem. No entanto considero que devem existir produtos específicos para terem fragrância e que esta não seja adicionada indiscriminadamente em todos os produtos de cuidados com a pele. À partida, está a negar-se a possibilidade de pessoas com pele sensível experimentarem esses produtos, sem estarem preocupadas com a sensibilização. E os produtos que se produzem deviam ser democratizados para todos os tipos de pele e não só para pessoas com a pele pouco sensível e que no momento da aplicação não sofrem nenhuma reação aparente.


Espero que no futuro exista mais transparência nas listas de ingredientes e nas suas fórmulas, que exista mais investigação e estudos associados aos produtos de pele, mas sobretudo que se escolha um produto para o cuidado da pele, pelo que ele faz à pele, em vez de ser apenas pela experiência sensorial olfativa que nos provoca.


Para mais sobre cuidados de pele visita:


https://www.instagram.com/skincare.decoded/



#skincare #fragrâncias #pele #cuidados #cuidadosdepele

53 visualizações

© 2020 ASOFIAGOMES.COM

 Design And Development By Dreamaker Company

  • Instagram
  • YouTube
  • Pinterest